Sustentável

Conforme consenso estabelecido no Acordo de Mohonk, 2000, definiu-se Turismo Sustentável.

 “Turismo Sustentável é aquele que busca minimizar os impactos ambientais e sócio-culturais, ao mesmo tempo que promove benefícios econômicos para as comunidades locais e destinos (regiões e países).”

Princípios

Todo processo de certificação em turismo sustentável deve levar em conta, onde apropriado, os seguintes aspectos e princípios que a empresa turística deverá observar:

Aspectos Gerais (Operacionais)

- estar comprometida com o manejo ambiental
- promover a promoção e venda de produtos responsáveis e autênticos que atendam a expectativas realistas
- promover a retro alimentação de sua clientela
- saber avaliar eventuais impactos negativos sociais, culturais, ambientais e econômicos, inclusive estabelecendo estratégias para manejo e mitigação
- seus funcionários deverão estar capacitados, educados, responsáveis e ter conhecimento e consciência sobre manejos ambiental, social e cultural
- ter mecanismos para monitorar e relatar seu desempenho ambiental.

Aspectos Ambientais

- controlar a emissão de ruídos e gases
- estar adequadamente implantada com relação ao ambiente natural
- evitar danos ao local ao implementar o paisagismo ou a recuperação do ambiente natural relativamente à situação original
- evitar impactos visuais e luminosos
- fazer uso sustentável de materiais e insumos - recicláveis e reciclados - produzidos localmente
- minimizar a produção de dejetos e assegurar sua adequada disposição
- minimizar os impactos ambientais de sua operação
- promover a conservação da biodiversidade e a integridade dos ecossistemas
- promover a redução e o uso sustentável de água
- promover a redução e o uso sustentável de energia
- promover o adequado tratamento e disposição de águas residuais
- promover o manejo adequado da drenagem, solo e águas pluviais

Aspectos Sócio-culturais

- adquirir, utilizar e manter a posse de terras de forma apropriada
- possuir mecanismos para assegurar o reconhecimento dos direitos e aspirações de comunidades indígenas e locais
- possuir medidas para proteger a integridade da estrutura social das comunidades locais
- promover impactos positivos (benefícios) na estrutura social, cultural e econômica local (a níveis local e nacional)

Aspectos Econômicos

- estabelecer mecanismos de forma a assegurar que as relações trabalhistas e as práticas industriais sejam justas e estejam em conformidade com a legislação
- estabelecer mecanismos para minimizar impactos econômicos negativos e maximizar benefícios econômicos para a comunidade
- fomentar contribuições para a manutenção do desenvolvimento da infra-estrutura comunitária
- utilizar-se de práticas éticas comerciais